73% dos consumidores norte-americanos jogam videogame


Tiozão gamer
73% é gente demais jogando. Imagem: Envanto.com





Já não é novidade que os videogames entraram de fato em outra era, onde a prática de jogar já é muito mais aceita, acessível e valorizada do que quando comparada a um passado não muito distante. Dos garotos que ganham milhões jogando ao trabalhador que se entretém com um game no celular durante sua ida ao trabalho, o fato é que os games estão cada vez mais populares.





Nos Estados Unidos, a prática de jogar videogame já supera os 73% de habitantes, de acordo com uma pesquisa revelada pela NPD. A empresa americana que realiza pesquisas de mercado nos Estado Unidos revelou alguns dados curiosos sobre esse público, que é considerado um importante termômetro para o mercado em questão em vários aspectos. Confira o apontamento na íntegra:


Tempo dedicado





Nos EUA, jogar videogame representa 17% do tempo de entretenimento dos consumidores e 11% do total de gastos com entretenimento. No entanto, embora o envolvimento com os jogos pareça relativamente estável no geral, aumentos notáveis ​​no envolvimento e nos gastos foram observados entre crianças de 2 a 17 anos.





Quanto tempo você gasta com games? Nos EUA, isso corresponde a 11% do tempo livre deles. Imagem: Envanto.com

Crianças Influenvers








As crianças estão se tornando uma parte mais influente do mercado de jogos, graças a games como Fortnite e Minecraft, auxiliados pela crescente influência do YouTube e do Twitch“, disse Mat Piscatella, analista da indústria de jogos do The NPD Group. 





No Youtube, já é comum ver garotos protagonizando seu próprio canal gamer. Imagem: Envanto.com

Mais de um terço das crianças estão gastando mais tempo jogando videogame do que há um ano atrás, enquanto mais de 20% também estão gastando mais.


Celulares em alta





Os dispositivos móveis continuam sendo a plataforma de jogos mais acessível e popular, com jogos para dispositivos móveis atraentes para jogadores de todos os segmentos de consumidores. A maioria dos consumidores de jogos para dispositivos móveis joga diariamente ou quase diariamente, enquanto os jogos em PCs e consoles são mais variáveis, tendendo a ocorrer com menos frequência em sessões mais longas, pois é necessário ter experiências mais intensas.





De acordo com o analista Mat Piscadella, as crianças estão sendo vistas cada vez mais como influencers desse mercado. Imagem: Envanto.com

Como muitas pessoas possuem ou têm acesso a dispositivos inteligentes, e como os aplicativos de jogos disponíveis nesses dispositivos oferecem muitas experiências baratas e até gratuitas, eles continuam sendo o ponto de entrada mais acessível para quem está curioso sobre jogos“, disse Piscatella. “O celular é onde muitos experimentam jogos pela primeira vez, permitindo um ponto de entrada fácil para o mundo mais amplo dos jogos“.













Blog davincilab - críticas filmes em cartaz, criticas filmes netflix, notícias filmes, series, animes, games, jogos, animes 2019, davincilab fica por dentro, hqs marvel  e hqs dc entretenimento garantido, critica series e critica series netflix

Comentários